domingo, 10 de fevereiro de 2008

Corredor Ecológico - Nova Duque


em uma tarde de terça-feira qualquer, em uma hora qualquer, artistas invadem o Corredor Ecológico - A Nova Avenida Duque de Caxias, em Belém do Pará - e instalam-se em trabalhos ao assaltado transeunte/motorista/passageiro.
no que se refere/se resulta/se origina/se esvai???
prefiro não entender
prefiro nem olhar
prefiro nem saber
ou interfiro...
dia vinte e nove de janeiro estava próximo ao carnaval, e aproveitou-se o momento para artistas paraenses, com suas fantasias, criarem personagens fantásticos e instaurarem-se na esquina da Avenida Duque de Caxias com a Travessa Lomas Valentinas, criando uma quebra/desconstrução do sistema rotineiro do Corredor Ecológico.
um Corredor Paralelo foi criado; uma nova duque em cima da nova duque. e viu-se a branca de neve colhendo maçãs pelo pomar do corredor ecológico, a cigana lendo a sorte e o destino da nova duque, duendes espalhando corescataventosenergia, um idoso que cruzava as ruas, destemido de sua façanha, em contraponto à menina que preferia o suicidio a atravessar as ruas, uma coelha perdida ao lado de seu dono morto em um acidente, e o prefeito entregando a chave da cidade a uma senhora comum da comunidade.